Você tem disciplina?

Se o seu pênis não apresentar nenhuma lesão aberta ou infecção, você pode tratar a fimose sem cirurgia. Entenda como funciona a rotina de exercícios.

Você é criança, mãe, pai ou responsável? Atenção, esta página NÃO é para você: clique aqui.

Você é um adolescente ou adulto com fimose, mas sem a presença de nenhuma infecção ou ferida? Então aprenda a tratar a sua fimose naturalmente, alargando o anel fimótico e/ou alongando o freio. E não se esqueça de lavar as mãos: antes - por amor a si mesmo; e depois - por amor ao próximo.


1. Alargamento manual de anel fimótico

  • Você consegue encaixar dois dedos dentro do prepúcio? Caso afirmativo, proceda da seguinte maneira:
exercicios fimose
Abra o anel fimótico até o limite do desconforto, mas SEM dor. Mantenha essa tensão pelo máximo tempo possível, descanse por alguns segundos, e repita. Faça isso por no mínimo 10 minutos pela manhã e também à noite.


  • Se você ainda não consegue encaixar dois dedos dentro, faça assim:
exercicios fimose estreita
Pegue cuidadosamente duas bordas opostas do anel fimótico, estique-as para a frente enquanto abre o anel até o ponto de desconforto, mas SEM dor. Mantenha essa tensão pelo maior tempo possível, descanse, e repita. Faça isso por no mínimo 10 minutos pela manhã e também à noite.


Que parte eu alargo?

O anel fimótico (também chamado de anel prepucial), que é a parte mais estreita do prepúcio, pode não estar necessariamente na extremidade. Se você ainda tem um prepúcio muito apertado, talvez seja necessário puxar um pouco a pele para trás para identificar a sua faixa mais estreita.

anel fimotico


Foque no anel fimótico. Puxe em dois sentidos opostos da mesma direção, a qual deve ser perpendicular ao eixo do pênis.

Puxe gentilmente, um pouco abaixo do limiar da dor. Dor é um sinal de que você pode estar lesando a pele. Lesões fazem com que o tecido se contraia como parte do processo regenerativo, e portanto estreitam ainda mais a fimose.

2. Alargamento de anel fimótico com aparelho

Dependendo da resistência da sua fimose e do tempo que você tem à disposição, o tratamento completamente manual pode ser ineficaz ou inviável. Nesse caso, aparelhos especialmente desenvolvidos para o tratamento da fimose podem ser utilizados.

Glansie, por exemplo, é um aparelho do tipo fórceps fabricado inteiramente em aço inoxidável que proporciona o alargamento do anel fimótico com facilidade e higiene:

3. Alongamento de freio

Se a sua abertura é larga o suficiente, mas o freio ("cabresto") muito curto - impedindo a retração total do prepúcio ou envergando a glande para baixo - você tem freio curto, também chamado de freio breve.

Exemplo de freio curto
clique para ver
Use o seguinte método:

exercicios freio curto
Segure a borda inferior do prepúcio e estique-a para frente, no limite do desconforto, mas SEM dor. Mantenha essa tensão enquanto puder, descanse, e repita. Faça isso por no mínimo 10 minutos pela manhã e também à noite.


Ao contrário do anel fimótico, para o freio não existem aparelhos específicos. Caso o alongamento manual não funcione, a única alternativa é um intervento cirúrgico: a frenuloplastia.

4. Devo usar pomada para fimose?

Pomadas não são absolutamente necessárias, mas podem facilitar e acelerar o progresso obtido pelo alargamento de anel fimótico ou alongamento de freio.

Diversos estudos demonstraram a eficácia de pomadas contendo o corticoide valerato de betametasona no tratamento da condição fimótica.

No Brasil, também existe uma pomada específica para fimose, a Postec: além do valerato de betametasona, esse medicamento ainda contém uma enzima chamada hialuronidase, cuja função é reduzir temporariamente a viscosidade do tecido conjuntivo e portanto tornar a pele mais maleável.

A pomada para fimose deve ser aplicada somente no anel fimótico ou no freio, dependendo do que se estiver tratando (evite aplicá-la em outras áreas, como a glande). Aplique depois de fazer os exercícios, para evitar de se lambuzar. Esfregue a pomada na pele até a substância desaparecer.

Vale lembrar que os corticoides, apesar de ajudar a tratar diversas doenças, também apresentam riscos para a saúde e podem causar sérios problemas quando usados de forma irresponsável.

5. Quanto tempo vai levar?

Depende. Tratar a fimose sem cirurgia pode levar algumas semanas, alguns meses ou até mais.

Depende do ponto de partida: o seu anel fimótico precisa se alargar somente alguns milímetros, ou alguns centímetros? Se o seu ponto de partida for, literalmente, um ponto (fimose grau 5 "buraco de agulha"), pode até passar de um ano para se chegar ao grau 0 utilizando o método estritamente manual.

Depende da sua dedicação: para o tratamento manual sugerimos, por praticidade, duas sessões diárias, uma pela manhã e outra à noite. Mas nada impede que você faça por mais tempo. Quanto mais tempo você fizer, mais rápido será o progresso. Você pode, inclusive, aproveitar as idas ao banheiro para dar uma tensionada rápida.

Depende da ferramenta: a mão é um instrumento muito versátil; mas a utilização de um bom aparelho específico para o alargamento do anel fimótico é capaz de encurtar significativamente o tempo necessário para se livrar da fimose.

Uma vez que se consegue manter uma rotina de tratamento, é só seguir em frente. Mas é preciso estar atento para não pisar em nenhuma armadilha ao longo do caminho. Quer saber quais são elas? Clique aqui.